PS apoia por unanimidade a recandidatura de Humberto Oliveira à Câmara de Penacova

O PS de Penacova aclamou este sábado, por unanimidade, a recandidatura de Humberto Oliveira à presidência da Câmara Municipal de Penacova. Humberto Oliveira, independente eleito em 2009 na lista socialista para a liderança do município, colheu o apoio de todos os membros da comissão política concelhia do PS para encabeçar a equipa que disputará as próximas eleições autárquicas. Pedro Coimbra, atual líder da Federação de Coimbra do PS, será o candidato a presidente da Assembleia Municipal, lugar que lhe foi confiado nas últimas eleições.
Presente no conclave, Humberto Oliveira manifestou a sua total disponibilidade para continuar a trabalhar no sentido de “vencer o atraso que era antes muitíssimo evidente no concelho e continuar a pugnar pelo interesse dos seus conterrâneos, dando-lhes mais qualidade de vida, mais desenvolvimento, criando condições de empregabilidade, lutando para que a cooperação e a solidariedade não sejam tiradas a Penacova, nesta altura tremenda de crise”. O atual presidente do município de Penacova salientou ainda que “gostava de ter feito muito mais se tivesse tido as mesmas possibilidades conjunturais e económicas que outros tiveram” e promete energia e determinação, mantendo as mangas arregaçadas, pois os desafios a isso obrigam”.
No discurso de Humberto Oliveira esteve presente a situação financeira que este herdou em 2009 tendo, ao longo deste mandato, tido sempre a preocupação de, ao mesmo tempo que baixava o passivo, poder realizar obras importantes. “O meu executivo, em apenas três anos, diminuiu para menos de metade o passivo deixado pelo presidente anterior”. Enumerando as obras e investimentos iniciados e efetuados na sua gestão, aludiu às “obras que o PSD se orgulha de ter feito mas que, na verdade, foram pagas, em alguns casos na sua totalidade, pelo executivo atual”.
Não foram esquecidas as “atrocidades que o Governo do PSD tem feito a Penacova, com a embrulhada do Tribunal, a Lei dos Compromissos que sufoca o dia-a-dia das autarquias, ou a extinção de freguesias que preservam a matriz das populações. Nós não esqueceremos isso, pois não bastava a conjuntura difícil que a crise trouxe, e o Governo ainda cria maiores obstáculos às populações e às autarquias locais”. E referiu que “a nossa visão é a oposta, há que apoiar quem está próximo das pessoas e quem lhes presta os primeiros auxílios, por isso investimos num maior apoio às associações, que também atravessam tempos de adversidade”.
A mandatária da lista vencedora nas últimas autárquicas, a antiga professora primária Fernanda Pimentel, exprimiu “a imensa alegria por estar presente na apresentação da recandidatura de Humberto Oliveira”. Os vereadores que compõem a sua equipa, Fernanda Veiga, Ricardo Simões e Ernesto Coelho, enalteceram “as competências técnicas e o grande humanismo do Presidente”. Os presidentes de Juntas de Freguesia presentes salientaram “a sua capacidade de cooperação com as freguesias”.
O líder da JS local, Pedro Alpoim, referiu que “finalmente, Penacova tem um presidente que se preocupa realmente com os problemas estruturais do Concelho e não em fazer em política só à procura do voto”.

NI/PS

  etiquetas ,