Figueira de Lorvão - Escuteiros lançam festival de sopa para financiar actividades


Agrupamento 1316 aposta num certame dedicado às sopas com objectivos bem definidos



Os escuteiros de Figueira de Lorvão decidiram apostar num Festival de Sopas com o objectivo de angariar verbas para financiar as actividades do Agrupamento 1316 e, ao mesmo tempo, para promover um momento de convívio da comunidade e divulgar a gastronomia local.
A ideia foi congeminada no seio do Agrupamento e rapidamente se estendeu aos pais dos elementos que formam os escuteiros de Figueira de Lorvão. Das palavras aos actos foi um ápice e o projecto começou a ganhar forma. Assim, o 1.º Festival de Sopas que hoje se realiza, a partir das 19h30 na Associação de Agricultores Filantrópica de Figueira de Lorvão, será um concurso gastronómico com a participação de inúmeros restaurantes, associações e particulares que, desta forma, se associaram à iniciativa que promete “mexer” com a comunidade de Figueira de Lorvão.
«A nossa ideia foi organizar um evento onde conseguíssemos angariar verbas que patrocinassem as nossas actividades anuais, todavia, também quisemos criar uma iniciativa que promovesse o convívio e valorizasse a sopa», ingrediente fundamental na alimentação das crianças e adultos, adiantou Tiago Cruz.
De acordo com o chefe do Agrupamento 1316, o «certame será divido em três concursos, um dedicado aos restaurantes – aderiram a maioria dos estabelecimentos do concelho de Penacova – que vão apresentar 12 sopas, outro para as associações/instituições (três sopas) e um vocacionado para particulares (sete sopas)».
A entrada terá um custo de 4 euros, com direito a «provar todas as sopas, broa, enchidos, a uma bebida e à taça da sopa». No final, os participantes «vão votar nas três sopas que mais gostaram para apurar o vencedor».
Tiago Cruz acredita «no sucesso da iniciativa», uma vez que aguarda a presença de «600 pessoas» no certame, o que daria uma enorme ajuda à actividade escutista. 

Jornalista Ricardo Busano

  etiquetas ,