Penacova marca pontos no Enduro BTT - PENACOVA ACTUAL
PUB

ÚLTIMAS

PUB

Post Top Ad

9 de abril de 2013

Penacova marca pontos no Enduro BTT

Demonstrando o seu bom momento de forma, Helder Padilha impôs-se na terceira etapa do Troféu Enduro BTT Vodafone, realizado sob a égide da União Velocipédica Portuguesa-Federação Portuguesa de Ciclismo, e corrida em Penacova numa organização do Bike Clube de Coimbra.


O Presidente do município de Penacova, Humberto Oliveira, apreciou o percurso localizado no seu território e elogiou a prova, desejando que ”o desporto em Penacova seja cada vez mais diversificado e atraia mais gente para o concelho, sendo este um sinal claro da qualidade de vida em que se tem vindo a investir, e cujos frutos começam a ser bem evidentes”.

O Enduro de Penacova, com uma distância total de 40 quilómetros, com quatro provas especiais de classificação no programa, algumas delas bastante exigentes do ponto de vista físico, pelo que não foi uma competição apenas para os que sabem descer bem de bicicleta, mas sim para atletas com um índice mais completo na sua preparação.


Foi aquilo que se pode designar de uma "vitória ao sprint", pois seria o seu crono da última especial a permitir-lhe passar de forma decisiva para o comando da prova. Na verdade, Helder Padilha andou sempre entre os mais rápidos e o seu grande mérito foi ter acreditado até final que poderia vencer, naquele que foi o seu primeiro triunfo em termos de enduro: «Na véspera da prova fui reconhecer o percurso com o Francisco Pardal e o ritmo acabou por se revelar muito elevado, pelo que estava convencido de que iria passar por grandes dificuldades no dia da competição. Afinal, senti-me bem e como sabia que estava entre os primeiros, dei tudo até ao fim para conseguir este saboroso triunfo», afirmou no final o atleta da Lousã, que foi o mais rápido em duas das quatro especiais.

Com um tempo canhão na segunda classificativa, o líder do Troféu Enduro BTT Vodafone, Ruben Martins (Clube Ana Faro) saltou para a liderança, que manteve após a terceira. Quanto tudo parecia encaminhado para o seu primeiro triunfo da temporada, Ruben Martins parece ter "adormecido" na última especial, onde não conseguiu melhor do que um sétimo tempo absoluto, comprometendo as suas aspirações e sendo relegado para a segunda posição final. Mesmo assim, o atleta algarvio reforçou a sua liderança no Troféu.

Cláudio Loureiro (Team Transition SRAM), cada vez mais conquistado pela virtudes do enduro, foi o terceiro da geral, voltando a subir ao pódio depois do segundo lugar em Barroselas, depois de uma atuação muito regular, em que andou sempre os mais rápidos. 

Nas senhoras, a estónia Maaris Meier (Saertex Portugal), campeã do Mundo universitária e várias vezes campeã do seu país em cross country, decidiu fazer uma incursão pelo enduro e se, na primeira especial, ainda foi surpreendida pela espanhola Eva Garrido (EC Mérida), construiu ainda assim construir uma vantagem bem dilatada, apesar duma queda na última que lhe custou algum tempo em termos finais. A portuguesa Joana Barbosa (CDC Nabais/Póvoa de Varzim) subiu ao último lugar do pódio.

Vitor Grilo impôs-se entre os Masters B, Carlos Lopes foi o mais rápido nos Masters C e Hugo Correia (Penacova DH) foi um solitário vencedor entre os Cadetes. Na promoção o triunfo pertenceu de forma destacada a Rodrigo Magalhães.

NI/MP

Sem comentários:

Post Top Ad