Penacova inaugura "Espaço Mulher"

Humberto Oliveira, presidente do município de Penacova, inaugurou no dia 17 de maio, pelas 14 horas, “O Espaço Mulher”, ação integrada no “Maio com a Igualdade de Género”, que prevê a realização de um conjunto de atividades que se inserem no projeto Genericamente, candidatura apresentada pelo município de Penacova com a parceria da Qualitividade, à tipologia 7.2 “Planos para a igualdade”, do eixo 7, Igualdade de Género, do Programa Operacional do Potencial Humano (POPH).




Este espaço dedicado à igualdade de género e especificamente à mulher e ao seu papel na sociedade, tem como objetivo promover a difusão de uma cultura de igualdade através da perspetiva de género, assim como potenciar a reflexão e ajudar a desenvolver estratégias de educação e formação que promovam a igualdade de oportunidades em todos os aspetos da vida em sociedade.

Para este espaço foi efetuada, pela equipa municipal do projeto, com a colaboração dos consultores da Qualitividade, uma pesquisa e recolha de documentos sobre percursos de vida de mulheres que se tornaram célebres ou que fazem parte da história por terem lutado por uma sociedade mais justa, assim como um conjunto de livros e brochuras que têm como tema a mulher, cedidos pela Biblioteca Municipal e pela Comissão para a Igualdade de Género.

Porque o sentido de humor também é um importante veículo de transmissão de valores e de ideias, a equipa selecionou um conjunto de cartazes alusivos à igualdade de género e às diferenças estereotipadas entre homens e mulheres tendo por base imagens e uma linguagem repletas de ironia e sátira.

Também está prevista a projeção de filmes e vídeos sobre a temática no período de funcionamento dos serviços existentes no local e aos quais recorre diariamente um nº considerável de munícipes.

A propósito do local escolhido para o “espaço mulher”, Humberto Oliveira, presidente do município de Penacova, referiu que “foi uma boa aposta, por se encontrar junto dos serviços de atendimento da ação social e do gabinete de inserção profissional, por onde passam diariamente muitos munícipes que se encontram a viver situações de maior precaridade, tendo em consideração as questões económicas e sociais que condicionam a vida dos homens e das mulheres na sociedade atual”.

O autarca Humberto Oliveira considerou ainda que se a inauguração deste espaço hoje constitui um momento importante da existência da candidatura que lhe deu origem, mais importante será o empenho que, com certeza, a equipa do projeto e os colaboradores que trabalham nos serviços acima referidos irão colocar no dia-a-dia, no estímulo aos munícipes que aqui se dirigem para observarem e refletirem sobre a temática exposta. E a mudança de mentalidades que a igualdade de género pressupõe e exige não se faz de momentos esporádicos como este de hoje, mas o gesto simbólico que aqui teve lugar irá, decerto, servir para um refrescar das nossas memórias, de modo a fazer-nos lembrar que, pelo menos em um ou outro momento do nosso dia-a-dia, devemos contribuir com os nossos gestos e atitudes para a promoção da igualdade de género e, acima de tudo, para uma sociedade mais justa.

Neste contexto, foi também inaugurada a exposição itinerante “ violência de género”, desenvolvida no âmbito do projeto “Mentalidades”, que foi cedida pela Associação Lusófona para o Desenvolvimento do Conhecimento. Esta exposição, que vai estar patente até ao dia 31 de maio, tem como objetivo sensibilizar a comunidade para o fenómeno da violência doméstica e da necessidade de a combater e denunciar.

NI/MP

  etiquetas , ,