PS Penacova - Pedro Assunção recandidata-se à Junta de Freguesia de Figueira de Lorvão


Em tempos de dificuldades, a junta de Figueira de Lorvão, no concelho de Penacova, “teve de pagar medicamentos, géneros alimentares, luz e água a famílias carenciadas da freguesia”, testemunhou Pedro Assunção, que se recandidata a um novo mandato na liderança desta junta. Por isso lamentou os ataques do Governo ao poder local, acrescentando que “é preciso de puxar muito pela imaginação” para angariar condições para apoiar as populações e as instituições locais, como a igreja, a APPACDM, a comunidade escolar e outras associações.


Pedro Rico, mandatário jovem da candidatura socialista ao município e que falou antes do líder concelhio da JS, Pedro Alpoim, referiu que “Pedro Assunção é uma pessoa muito empenhada, é um homem sério e lutador, que faz tudo pelas suas gentes”. O mesmo corroborou o presidente da estrutura concelhia do Partido, Ricardo Simões, ao contar o papel muito ativo de Pedro Assunção quando a intempérie deste inverno deixou a freguesia sem energia, “sendo incansável até que os problemas das pessoas ficassem resolvidos”.


Vasco Morais, dirigindo-se ao presidente da Câmara ali presente, elogiou o facto de este ter dado andamento “a um parque empresarial digno desse nome, construído na Alagôa, que está a atrair investidores, que conta já com seis lotes vendidos e duas unidades a poucos meses de começar a laborar, sendo que uma delas emprega 187 pessoas e 25 são da freguesia de Figueira de Lorvão.
António Simões mostrou-se convicto de que Pedro Assunção à frente da terra é garantia de que a obra vai continuar, dando nota de que “há outra razão forte para não se confiar no PSD, pois o candidato laranja que há quatro anos encabeçou a lista para a Assembleia Municipal, Maurício Marques, foi derrotado e nem sequer se dignou tomar posse, tendo perdido a legitimidade para ser candidato outra vez ao mesmo lugar”.


Pedro Coimbra, líder do PS distrital e recandidato à presidência da Assembleia Municipal de Penacova mostrou-se confiante de que “o povo da freguesia saberá reconhecer o trabalho e a dedicação a todos”, referindo ainda que “nestas eleições estaremos a escolher aqueles que nos vão representar nas autarquias mas também iremos dar um cartão vermelho ao poder central que fez cortes cegos e austeros durante estes anos”.
Humberto Oliveira encerrou a sessão mostrando-se confiante de que Pedro Assunção vai ganhar estas eleições e que “Figueira de Lorvão está connosco, vendo-se isso na moldura humana presente”.



NI/Humberto2013/PS Penacova

  etiquetas , , ,