Turismo Centro Portugal aposta nos canais online

O Turismo Centro de Portugal (TCP) está a ser afectado pelas novas tendências digitais e já começou a procurar soluções de modernização. Consta no novo quadro estratégico a impregnação tecnológica, o desenvolvimento do marketing digital, a opção do marketing assertivo e o acompanhamento e estudo do mercado interno. Pedro Machado, presidente do Turismo Centro de Portugal, aponta para uma alteração das estruturas demográficas, das atitudes e dos padrões de exigência dos consumidores. Os novos canais trazem consigo novos modelos de negócio que, segundo Pedro Machado, «fazem com que a competição não seja apenas nacional – com o Algarve, Porto ou Lisboa- mas sim mundial». «O cliente passa, assim, a influenciar o preço e os mercados», afirma. 
O Turismo Centro de Portugal canaliza um maior investimento nas redes sociais e um menor investimento público no que diz respeito à acessibilidade, à paisagem rural e urbana. Pedro Machado acredita na dominância intensa das novas tecnologias e considera fundamental que a instituição se adapte aos novos tempos: «Na região Centro vamos apostar, essencialmente, no posicionamento regional, no branding, nas redes sociais e num plano de marketing regional. É importante que as pessoas percebam, no entanto, que, apesar de tudo, o investimento público vai continuar a ser feito», assegura.
Definir estratégias  nas redes sociais O Turismo Centro de Portugal marcou presença na palestra realizada ontem, na Escola de Hotelaria de Coimbra, subordinada ao tema “Utilização das redes sociais para promover o Turismo e a Cultura”, onde o objectivo foi encorajar a utilização das redes sociais como um plano estratégico empresarial. O orador Vasco Marques, especialista em marketing digital, explicou as principais estratégias à luz das redes sociais, com vista a uma maior notoriedade da marca, da empresa, dos produtos e dos serviços. «A estratégia é fundamental mesmo nas redes sociais. É importante as empresas definirem o seu comportamento perante vários cenários que podem acontecer online», aconselha.
O Turismo e a Tecnologia são as duas áreas mais procuradas nas redes sociais de todo o mundo. DC

  etiquetas