ELEIÇÕES AUTÁRQUICAS - Rui Batista é aposta Socialista para a Freguesia de Lorvão - PENACOVA ACTUAL
PUB

ÚLTIMAS

PUB

Post Top Ad

16 de agosto de 2013

ELEIÇÕES AUTÁRQUICAS - Rui Batista é aposta Socialista para a Freguesia de Lorvão



Fernanda Veiga, coordenadora da secção de Lorvão e Vereadora da Cultura da Câmara Municipal de Penacova, começou o seu discurso por agradecer a presença de tão elevado número de pessoas, mesmo numa tarde de tão elevadas temperaturas. Para a actual Vereadora da Cultura a escolha do candidato acabou por ser extremamente fácil, pelo conhecimento pessoal que tinha, pelo relevo do trabalho  a nível associativo e por todas as indicações recebidas das mais variadas franjas etárias da Freguesia que por diversas vezes lhe sugeriram o nome de Rui Batista como a pessoa certa para o lugar.” A presidência da Filarmónica Boa Vontade Lorvanense e da União Desportiva Lorvanense são provas, se é que necessárias, do comprometimento do Rui, para com as pessoas e projectos desta nossa Freguesia”, referiu. Num tom crítico e estando na freguesia que a viu nascer não pôde deixar de deixar algumas questões no ar: “porque é que hoje, ao passarmos nas nossas estradas, se assiste a um estado de degradação e falta de asseio? Respondendo de seguida que o actual presidente da junta e candidato à Câmara já há muito se deixou de se preocupar com o bem estar das populações para se focar na sua carreira Política. Porque é que, se verifica que a nível de pequenas obras, tais como a limpeza de bermas e a recuperação de fontanários, se assiste na freguesia de Lorvão a um total desprezo por pequenas obras e pela preservação da nossa identidade? Porque o actual presidente da junta já há muito que deixou de enviar propostas de protocolos para a câmara que, como é óbvio, comparticiparia como o faz com outros, em 80 ou mesmo 100% destas obras. Queixa-se o actual presidente da junta que por vezes nem terá mesmo os 20% para pagar as pequenas obras. Mas então deixo-lhe outra pergunta: quem está nesta junta há 8 anos? E quem o antecedeu? Não era do seu partido também? Do PSD?”. Finalizou lançando um último desafio ao actual presidente da junta para que o mesmo tenha coragem e mostre à população da freguesia de Lorvão, as propostas que enviou para a autarquia para se fossem assinados esses mesmos protocolos de obras.

O candidato Rui Batista, assume desde logo que a sua candidatura pelo Partido Socialista foi também de decisão fácil, até porque esteve atento nos últimos 4 anos, à dinâmica imprimida pela equipa da autarquia, em áreas que lhe são gratas como o associativismo, cultura e desporto, bem como pela visão demonstrada na tomada de algumas decisões importantes para o Concelho de Penacova.



Todos Merecemos Mais, é este o lema de Rui Batista. Falando abertamente e de olhos nos olhos com as pessoas considera que “Certamente que todos reconhecem que todas as localidades da freguesia têm vivido de costas voltadas, atitude que tem fragilizado a vida e os interesses comuns da comunidade e que nos coloca no ponto onde estamos. Esta é uma atitude que tem que mudar e começar em cada um de nós……. As famílias são muito mais importantes que os partidos políticos. A minha prioridade será sempre o bem estar das famílias. A família alargada que é esta freguesia, que como já referi tem vivido de costas voltadas uns com os outros, precisa de um novo entendimento e acção construtiva em prol das famílias.” Apresentando de seguida toda a sua equipa, composta por elementos de todos os lugares da freguesia e de diversas faixas etárias, Rui Batista afirmou que não quer entrar no discurso da promessa “Posso prometer algo de concreto…?Com toda a verdade e frontalidade…não!!!….Vejamos... quem conhece e está a comandar os destinos da Freguesia de Lorvão, com 8 anos de experiência, não consegue uma evolução positiva e concreta da realidade vivida. Fala-se que herdou uma divida da famosa variante de Lorvão que lhe foi endossada/transferida pelo anterior executivo PSD, e que agora se cifra em valores muito superiores a 100.000 €…. A questão não é a divida…a questão é a opção que foi tomada…escolher uma infraestrutura que não é nem estruturante nem capaz de motivar o crescimento neste caso da Vila de Lorvão… e muito menos da Freguesia…-Fala-se que a Escola primária é e foi uma prioridade….sem dúvida que sim…só que o anterior executivo PSD adiou sucessivamente por 3 mandatos, 12 anos… essa mesma prioridade….” Neste ponto e para informar os presentes, verificou o projecto do anterior executivo do PSD para o Centro Escolar de Lorvão e qual não foi o seu espanto quando viu que Refeitório e Ginásio/Sala de Desporto iriam funcionar precisamente no mesmo sítio. “Este era/é o pensamento futurista e de desenvolvimento que foi concretizado pelo anterior executivo PSD e que outros pretendem continuar agora”. Neste ponto desafiou o Presidente da Câmara a tudo fazer para que a obra chegue a bom porto porque as crianças da Freguesia de Lorvão merecem. O discurso endureceu ao referir-se ao Mosteiro de Lorvão,único monumento nacional e antigo albergue do Hospital Psiquiátrico de Lorvão, deixando algumas questões no ar : “Qual a verdadeira força politica que têm os representantes do PSD de Penacova no contexto regional e nacional?Para quem se perdeu o excelente serviço prestado pelo HPL, durante mais de 50 anos, aqui neste espaço e nesta comunidade de Lorvão?È sim….Por sinal deve-se muito aos que agora concorrem pelo PSD ao Municipio de Penacova…São estes que concorrem agora pelo PSD ao Municipio de Penacova…que não souberam preservar e perderam a sua maior instituição e empresa (HPL)para os seus próprios amigos do PSD de Miranda do Corvo!

Falando em seguida das outras localidades questionou : “quais as obras que foram feitas? Beneficiações realizadas…de um modo geral os habitantes têm- nos dado conhecimento de um conjunto de tarefas necessárias e comuns, não realizadas . É um facto que o dinheiro escasseia e que a Junta de Freguesia, fruto do endividamento da variante não tem os 20% que precisa para comparticipar nas obras… e então quais foram as obras e propostas que a Freguesia de Lorvão propôs ao actual executivo do partido socialista?Parece que não há….e desafio alguém que me consiga mostrar o contrário..

A Feira de Artes e Cultura de Lorvão foi também este ano “abandonada” pelo executivo da junta. “esta riqueza patrimonial, cultural, recreativa e desportiva precisa e merece ser apoiada e divulgada. A exposição de toda esta riqueza deverá ter expressão num grande evento, que reúna o necessário espírito comunitário no seu melhor!
Nós vamos fazê-lo!” afirmou, porque a “freguesia merece mais”, “ Todos merecemos mais”, concluiu.
Ricardo Simões, líder Concelhio do Partido Socialista, sente que com Rui Batista, a freguesia de Lorvão terá alguém preocupado com as pessoas, associações e clubes, e que não entra agora na politica para se promover, afirmando com toda a confiança que “O Rui Batista na sua freguesia dispensa apresentações, uma vez que o seu percurso profissional e a sua extraordinária entrega como dirigente associativo falam por si. Aceitou este desafio, porque ama a sua terra e tudo fará pela sua freguesia.
E tenho a certeza de uma coisa, que ao contrário de outros, não utilizará o seu cargo para se promover pessoalmente.
Falou ainda da Vereadora Fernanda Veiga por tudo o que tem feito pelo movimento associativo e pelo desenvolvimento da Freguesia da qual é natural. Pedro Coimbra foi também um nome referenciado “Outro amigo da freguesia de Lorvão e das suas gentes é o nosso querido amigo Pedro Coimbra, Presidente da Assembleia Municipal e recandidato.
O Pedro ao contrário de outros assume, sempre as suas responsabilidades e os lugares para os quais foi eleito, quer perca, quer ganhe.
Respeita a vontade soberana do Povo, tendo respeito por quem o elegeu.
Lembro e ainda em tempo de governação socialista, por via do programa PARES e no decorrer da direção do nosso querido camarada e amigo Pedro Coimbra na segurança social, foi possível construir o Centro Paroquial de Lorvão, que hoje presta um serviço aos idosos e crianças desta freguesia.
Humberto Oliveira, Presidente da Câmara Municipal de Penacova, não quis falar muito do candidato Rui Batista, até porque o mesmo dispensa apresentações e que todo o seu percurso pessoal, profissional, ao nível desportivo e associativo, fala por si e que as pessoas terão capacidade de hoje, julgar o que querem para a sua freguesia e quem será o melhor candidato.

Confidenciando que não se sente muito à vontade quando lê certo tipo de noticias ou comunicados do PSD de Penacova, para fazer política do mesmo nível, prestou em Lorvão uma verdadeira mini-sessão de esclarecimentos a todos os presentes. Ao desafio lançado por Rui Batista na questão do Centro Escolar de Lorvão, confirmou que a obra tinha arrancado nessa mesma semana, estando já o seu financiamento garantido, mesmo com todos os cortes feitos pelo Governo PSD. Desafia também o seu adversário a passar na obra, porque continua a ler em alguns sítios que a obra está parada. Decerto distração do Presidente da Junta de Lorvão na sua própria freguesia. O processo do centro escolar foi de facto moroso, mas o abandono da obra pelo anterior empreiteiro em nada se deveu à Câmara que não deve um cêntimo da obra realizada a té agora. De qualquer forma a equipa que lidera, faz agora em Lorvão o que outros projectaram e não executaram em 12 anos. Passou de seguida à estrada do Roxo-Aveleira. Mais uma vez, o financiamento já está garantido e a obra adjudicada, prometendo para breve o inicio da mesma. Mais uma vez incomoda-o o facto de ás vezes ser atacado por não fazer mais, mas recorda que quando chegou à Câmara, encontrou cerca de 5 milhões de dívida e 86 mil euros no banco, não querendo portanto onerar as gerações futuras de Penacova tal como fizeram com ele. Assume todas as responsabilidades por obras que não fez desafiando o actual presidente da junta a dizer a verdade ás pessoas, porque seriedade e carácter são itens que defende na vida política.


O discurso final esteve a cargo de Pedro Coimbra, presidente da Assembleia Municipal de Penacova. Referiu o facto de estar no Pátio do Mosteiro para reparar em dois pormenores: “ atrás de mim, está o antigo Hospital de Lorvão, encerrado pelo Governo PSD/CDS….ali ao meu lado esquerdo, está a nova Extensão de Saúde Lorvão, obra executada pela Ministra Ana Jorge, no seu último ano de mandato, do Governo PS. São estes pequenos pormenores que demonstram as diferenças entre um e outro partido. Veja-se o investimento feito pelo governo PS no Mosteiro de Lorvao…pelo contrário, temos um Governo do PSD que queria fechar o Tribunal de Penacova e que teve que ser o executivo de Humberto Oliveira a suportar o custo total da obra. Dinheiro esse que podia ser aplicado em obras de freguesias como a de Lorvão. É por isto que “ as pessoas da freguesia de Lorvão, saberão decidir o que é o melhor para elas. É por isto que a freguesia de Lorvão saberá escolher Rui Batista, porque todos merecem mais, as pessoas merecem mais, porque Todos Merecemos Mais para a Freguesia de Lorvão”.

NI/PS Penacova

Sem comentários:

Post Top Ad