PATRIMÓNIO - Ciclo do Linho preserva património imaterial - Exposição patente até 23 de Outubro


Uma exposição sobre o ciclo do linho, integrada no projecto de preservação do património imaterial do concelho de Penacova, está patente na Biblioteca Municipal local até 23 de Outubro.
«A cultura do linho era, tradicionalmente, um importante elemento das culturas tradicionais da região até há alguns anos. O linho era muito utilizado no vestuário, na medicina e na culinária. A cultura do linho é exigente, com um vasto conjunto de fases e instrumentos característicos. No Carregal (Friúmes) voltou-se a cultivar o linho. Não em grandes quantidades, mas o suficiente para despertar a curiosidade e ir à procura dos vestígios que ainda perduram», afirma a Câmara Municipal em comunicado.
A mostra, agora patente na Biblioteca Municipal de Penacova/ Casa da Cultura, mostra as várias fases de preparação do linho: sementeira, rega, monda, arrancada, molhos, ripagem ou rapigagem, maceração, secagem da palha, maçar, amadar, espadelagem, sedar, fiar, enrolar, cozer, lavar (barrela), dobar, urdidura e confecção.
Segundo a autarquia, o objectivo desta iniciativa «é mostrar a todos os que visitam a biblioteca, nomeadamente, às crianças do concelho no âmbito do projecto “Letras em Viagem” o processo que envolve o linho».
 A exposição pode ser visitada de segunda a sexta-feira das 8h30 às 18h00. DC

  etiquetas , ,