REGIÃO CENTRO – Proposta apresentada por Portugal indica que a Região Centro vai gerir 2,1 mil milhões de euros - PENACOVA ACTUAL

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

29 de outubro de 2013

REGIÃO CENTRO – Proposta apresentada por Portugal indica que a Região Centro vai gerir 2,1 mil milhões de euros

Os fundos comunitários nos próximos sete anos vão aumentar 25%, na Região Centro, em relação ao anterior programa comunitário, atingindo os 2,1 mil milhões de euros, de acordo com o anúncio, feito hoje, pela Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC).
Segundo uma nota dirigida à 97 fm, e de acordo com a proposta de ‘Acordo de Parceria’, apresentado por Portugal à Comissão Europeia, “o futuro Programa Operacional da Região Centro para o período 2014-2020 terá uma dotação de 2.117 milhões de euros, dos quais 1.745 milhões de euros do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER) e 372 milhões de euros do Fundo Social Europeu (FSE). Este valor representa um acréscimo de 25% face ao actual programa para 2007-2013 (1.696 milhões de euros)”. Entre 2007 e 2013, a Região Centro tinha recebido 1.696 milhões de euros.
O presidente da CCDRC classificou este acréscimo como “significativo”, e explicou que se traduz “num valor superior a 900 euros por habitante” da região. “No actual contexto nacional, trata-se de uma enorme oportunidade para desenvolver os cem concelhos e mobilizar os agentes regionais, sub-regionais e locais, de modo a que, daqui, decorra uma aplicação responsável, eficaz e eficiente destes fundos comunitários”, sublinhou Pedro Saraiva.
O responsável pela CCDRC afirmou-se convencido de que esse objectivo será conseguido, “dinamizando a economia, criando postos de trabalho, promovendo a coesão (social e territorial) e fazendo com que valha cada vez mais a pena CRER [modelos de Competitividade Responsável, Estruturante e Resiliente] no centro de Portugal”.
O novo Programa Operacional da Região Centro tem, como base, o Plano de Acção Regional, que foi validado em Conselho Regional, no passado mês de Julho, e que resulta de uma forte mobilização de todos os parceiros regionais.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Leia as regras:

1 - Todos os comentários são lidos e tendencialmente moderados.
2 - Os comentários ofensivos não serão publicados.
3 - Os comentários apenas refletem a opinião dos seus autores.