COMUNICADO- Comissão de Utentes da Estrada Nacional 110 entre Penacova e Coimbra “ A nossa estrada é a nossa rua”


Uma delegação da Comissão de Utentes da Estrada Nacional 110 que integrava dois elementos da Assembleia Municipal de Penacova esteve presente na Delegação Centro-Norte da Estradas de Portugal em Antanhol-Coimbra onde reuniu com o Engenheiro Luis Oliveira, responsavel pela Conservação e Manutenção.

Foi uma reunião inconclusiva e que demosntrou alguma irritação por termos realizado um protesto no local da derrocada com a presença da comunicação social (relembrar o “arrastar” de uma pedra de grandes dimensões no domingo por parte das Estradas de Portugal para a faixa de rodagem que estava desobestruida) que começou por dizer que tinhamos razão pela falta de informação prestada e que o encerramento da Estrada Nacional não tinha nenhum relacionamento com o acidente de um trabalhador na madrugada da derrocada.

Não demonstraram nenhuma abertura nem sensiblidade para com as populações afectadas pela demora da reabertura da Estrada Nacional 110, limitando-se a informar que se encontra um projecto a ser elaborado que deve estar pronto no decorrer desta semana (era para estar pronto na passada sexta-feira) para posteriormente ser aberto um concurso publico para a realização da empreitada e não deu prazo nem para o inicio nem conclusão da obra.

As nossas questões deixaram em alguns momentos o responsavel pela Conservação e Manutenção nervoso levando-a a cometar algumas contradições nas respostas.

Ficamos com o sentimento que não existe vontade por Parte das Estradas de Portugal para minimizar os enormes transtornos que estão a causar às populações e que não existe nenhuma fiscalização/prevenção das encostas em risco de decorrada, limitando-se a recolher as pedras que caiem para a estrada.

A Comissão de Utentes da Estrada Nacional 110 entre Penacova e Coimbra, informou que não vai baixar os braços e vamos utilizar todos os meios para que a estrada seja reaberta de forma provisória e que iremos entregar a Estradas de Portugal um estudo com a sinalização dos pontos criticos da Estrada Nacional 110 entre Penacova e Coimbra e que a partir desse momento ficavam respnsablizados por qualquer acidente que venha acontecer.

A Comissão de Utentes apela a todos os utentes da EN110 para que continue mobilizada e que a Câmara Municipal de Penacova e Junta de Freguesia de Lorvão continuem empenhadas e pressionem a Estradas de Portugal a reabrir uma via.

Comissão de Utentes da Estrada Nacional 110 entre Penacova e Coimbra


Penacova, 27 de janeiro de 2014

  etiquetas