Governo proíbe pesca da lampreia em dois períodos - PENACOVA ACTUAL
PUB

ÚLTIMAS

PUB

Post Top Ad

14 de fevereiro de 2014

Governo proíbe pesca da lampreia em dois períodos


Pesca da lampreia na bacia do rio Mondego vai ser interditada entre 24 de Fevereiro e 5 de Março e entre 16 de Abril a 31 de Dezembro, segundo um despacho publicado ontem em Diário da República. O despacho do secretário de Estado do Mar, Manuel Pinto de Abreu, estabelece ainda que a pesca do sável e savelha está proibida desde 1 de Janeiro até 10 de Março, sendo depois novamente interditada entre 22 de Abril e 1 de Maio e de 1 de Junho a 31 de Dezembro.

«Entre 24 de Fevereiro e 5 de Março e entre 22 de Abril e 1 de Maio, para além da interdição da captura, manutenção a bordo, descarga e primeira venda de exemplares das espécies em defeso capturadas em águas interiores não marítimas no rio Mondego, é interdito calar redes de tresmalho de deriva e de fundo e as asas das estacadas, dirigidas à pesca de lampreia, devem ser retiradas ou unidas e seladas e a rede levantada, por forma a impedir a captura de peixes», refere o documento.

Segundo despacho, «a entrada em funcionamento da passagem para peixes no Açude-ponte de Coimbra veio demonstrar a necessidade de assegurar um período de defeso harmonizado em toda a zona do Baixo-Mondego, incluindo a bacia do Rio Mondego, que permita à lampreia, ao sável e à savelha migrar até aos habituais lugares de desova».

«A Direção-Geral dos Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos, o Instituto Português do Mar e da Atmosfera e o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas concluem que os períodos de defeso estabelecidos em 2013 contribuíram para a grande quantidade de peixes das espécies em causa que passaram pelo Açude-ponte de Coimbra, pelo que se entende replicar as disposições» do despacho de 2013, com exceção ao período de defeso para a lampreia, que vai até 31 de Dezembro. DC

Sem comentários:

Post Top Ad