ASSOCIATIVISMO - ACIBA junta empresários de Mealhada, Mortágua e Penacova

Associação reúne três concelhos de outros tantos distritos. “União só pode trazer vantagens. Divididos nunca iríamos a lado nenhum”, refere Carlos Pinheiro, mentor do projecto


Mealhada, Mortágua e Penacova «uniram-se», através da Associação Comercial e Industrial da Bairrada e Aguieira (ACIBA), que «nasce» da extinta ACIM, associação centrada no concelho da Mealhada. «Se houver vontade e trabalho profícuo, estes três concelhos podem ser um pólo muito importante de desenvolvimento económico na região Centro», declarou Carlos Pinheiro, que transita da ACIM para a ACIBA como presidente da direcção e irá encabeçar uma lista às próximas eleições. Carlos Pinheiro assume que a necessidade de alargar a ACIM a Mortágua e Penacova começou a sentir-se em 2007, mas admite só ter começado «a pensar bem na ideia há cerca de um ano e meio». «Nunca abordei o assunto porque o poder autárquico que existia, até às eleições de Setembro, não tinha sensibilidade para acolher a ideia e antes que morresse à nascença, fiquei a aguardar a mudança», explica.

Mudança muito bem aceite pelos actuais presidentes dos três municípios. «Têm uma visão clara e actual daquilo que o tecido empresarial precisa», refere Carlos Pinheiro, que garante um «projecto credível,  com 12 anos de existência».

Com sede na Mealhada, a ACIBA terá delegações nos concelhos vizinhos. Em Mortágua ficará no Ninho de Empresas, espaço cedido pela Câmara, e em Penacova, fica provisoriamente, na Caixa de Crédito Agrícola. As apresentações públicas estão já definidas. «Teremos um stand na Expo Mortágua, que se realiza de 6 a 8 de Junho e na Feira de Artesanato, Agricultura e Gastronomia da Mealhada, de 7 a 15. Em Penacova, está-se a preparar uma apresentação formal aos empresários», diz. As eleições serão em breve, «mal tenhamos sócios de Mortágua e Penacova», diz. Carlos Pinheiro encabeçará uma lista, onde manterá a Caixa de Crédito Agrícola (que abrange os três municípios) como presidente da mesa da assembleia geral e tenciona que seja uma empresa de Mortágua a presidir o conselho fiscal.

A ACIBA «nasce» com 200 sócios, que transitam da ACIM, número que Carlos Pinheiro não tem dúvidas aumentará brevemente. «Esta associação defende três concelhos, de três distritos diferentes. Estamos a falar de cerca de 120 milhões de euros de exportações anuais», afirma o dirigente, que anseia pelas candidaturas ao novo Quadro Comunitário. Para Carlos Pinheiro «esta união fortalece a associação e tornará mais forte o apoio às empresas». «Os três municípios unidos só podem ter vantagens. Divididos nunca iríamos a lado nenhum», conclui.

Texto e foto de Mónica Sofia Lopes

  etiquetas