IP3 - Sete feridos em aparatoso acidente junto à saída para o IC2

Um acidente que envolveu quatro automóveis ocorreu, pelas 08H40 de ontem, no IP3 (sentido Viseu – Coimbra), junto à saída para o IC2. Apesar do aparato e dos vários veículos envolvidos, apenas resultaram sete feridos ligeiros, três dos quais ficaram encarcerados. Estiveram envolvidos 39 elementos de socorro e 15 viaturas


Os feridos que inspiravam maiores cuidados eram três mulheres de 28, 32 e 69 anos, ocupantes de um dos veículos, um Citroen Saxo. Estas vítimas foram retiradas da viatura pelos bombeiros com a ajuda de material de desencarceramento, numa operação que se prolongou durante algum tempo. Foi necessário proceder à imobilização e estabilização das vítimas (uma tarefa que requer especial cuidado) para depois serem transportadas ao hospital.

O acidente provocou ainda ferimentos numa jovem de 17 anos, na irmã de 20 anos, na mãe de 43 anos e ainda numa mulher de 43 anos, segundo apurámos no local.

A rapariga foi transportada ao Hospital Pediátrico de Coimbra e as outras vítimas deram entrada nos Hospitais da Universidade de Coimbra, confirmou o INEM. O acidente ocorreu no sentido Viseu-Coimbra, próximo da saída daquele itinerário principal para o IC-2.

Apesar dos numerosos meios mobilizados para o local a circulação no IP-3 nunca esteve cortada, embora se tenha processado com alguma lentidão no sentido em que ocorreu a colisão devido à curiosidade dos automobilistas que abrandavam para observar o que se passava.

Para o local foram enviados meios dos Bombeiros de Coimbra (Sapadores e Voluntários), Bombeiros Voluntários de Brasfemes e Penacova, Cruz Vermelha Portuguesa, INEM (mota e duas ambulâncias) e duas Viaturas Médicas de Emergência e Reanimação (VMER’s) dos Hospitais da Universidade de Coimbra e do Hospital dos Covões.

Um total de 39 elementos daquelas corporações compareceram no local, onde estiveram também efectivos do Destacamento de Trânsito de Coimbra da GNR 

Mais tarde, pouco depois, às 16h55, era dado novo alerta para os bombeiros de Penacova, mas desta vez com as atenções centrada no Nó de Lorvão do IP3. De acordo com o comandante António Simões, tratou-se de um despiste de uma viatura, que circulava no sentido Coimbra – Viseu, seguido de capotamento.

Do acidente resultou um ferido, politraumatizado, um homem de 56 anos, residente na Ponte das Três Entradas, concelho de Oliveira do Hospital, condutor e único ocupante da viatura. O sinistrado foi transportado pelos Bombeiros de Penacova para os Hospitais da Universidade de Coimbra. Para o local do acidente os Voluntários fizeram seguir uma ambulância e uma viatura de desencarceramento, com o apoio de seis homens 


  etiquetas , ,