SANTA RAINHAS - Encontro das três irmãs beatas no Mosteiro de Celas - PENACOVA ACTUAL
PUB

ÚLTIMAS

PUB

Post Top Ad

29 de novembro de 2014

SANTA RAINHAS - Encontro das três irmãs beatas no Mosteiro de Celas



No âmbito do 160º aniversário da Freguesia de Santo António dos Olivais 

O Mosteiro de Santa Maria de Celas abre hoje as suas portas para um evento inédito na cidade de Coimbra: “O Encontro das três princesas beatas”.

O evento cultural recria o ambiente histórico da Idade Média (século XIII) e reúne mais de uma centena de atores e figurantes, membros do coro e músicos, artesãos e membros de grupo folclórico para dar vida a um espetáculo que alia todas as artes performativas – dança, música, coro e teatro vão dar corpo a um evento cultural inspirado na vida das três irmãs, filhas do rei Sancho I, que fundaram os três Mosteiros femininos da Ordem de Cister na Região Centro – Celas, Lorvão e Arouca.

O Evento inicia-se pelas 10 horas com um mercado medieval instalado no Largo do Mosteiro de Celas, onde o Grupo Folclórico de Coimbra e outros artesãos irão recriar o ambiente típico e popular de um mercado medieval que remete para a própria vida monástica, e culmina com um espetáculo cultural marcado paras as 17h30, e que alia teatro, música, coro e dança, encerrando-se com uma ceia medieval apenas para convidados.

A história do encontro das três irmãs beatas e princesas é um guião original, com base nas referências históricas e artísticas disponíveis. A obra material e espiritual das “rainhas santas” Teresa, Sancha e Mafalda será dada a conhecer ou relembrada através de ricos diálogos, música coral e bailado numa produção inédita realizada em parceria com entidades reconhecidas na cidade pelo seu elevado valor cultural e artístico.

Promovido pela Junta de Freguesia de Santo António dos Olivais que assinala o 160º aniversário da freguesia, oferecendo à população o evento cultural, criado e organizado pela Endlessenses, empresa de animação turística e organização de eventos culturais de Coimbra.

Segundo o presidente da Junta de Freguesia, Manuel Correia de Oliveira, o Mosteiro de Santa Maria de Celas é um dos mais singulares exemplares arquitetónicos da idade média que se encontra atualmente “se encontra votado ao esquecimento”.

“Com a realização deste evento, gostaria de despertar a consciência de todos aqueles que assumem responsabilidades na preservação do património e da população para que este Monumento seja definitivamente integrado nos roteiros turísticos da cidade, da região e do país”, sublinha o autarca. “Assim, pretendo com todos recriar a história, projetando o futuro da freguesia”, concluiu.

São colaboradores e parceiros no evento cultural “Encontro das Três Princesas Beatas” o Conservatório de Música de Coimbra, o Coro D. Pedro Cristo, o estúdio de Dança Flic Flac, a Câmara de Arouca, a Junta de Freguesia de Lorvão, a União de Freguesias de Taveiro e Arzila, a Associação Recreativa de Meãs do Campo, o Grupo Folclórico de Coimbra, a ADOC – Associação de Doceiros de Coimbra, a Irmandade do Mosteiro de Santa Maria de Celas e o restaurante O Cordel.

PROGRAMA 
10.00 – 17.30 – Mercado Medieval com oficinas artesanais e tasquinhas | Largo do Mosteiro de Celas

17.30 – Receção aos convidados pelas Monjas de Cister | Átrio principal do Mosteiro de Celas

18.00 – Introdução à vida monástica e aos costumes cistercienses e visita às oficinas artesanais | Átrio e Largo do Mosteiro

18.30 – 1ª Teatralização “O Encontro das três princesas beatas” | Sala do Cadeiral

18.50 – 2ª Teatralização “O Milagre de Livramento de D. Mafalda” com Coro D. Pedro Cristo | Sala do Cadeiral

19.10 – 3ª Teatralização “O Milagre da Abertura do túmulo de D. Teresa” com Quarteto de Cordas do Conservatório de Música de Coimbra | Sala do Capítulo

19.30 – 4ª Teatralização “O Milagre da Anunciação de D. Sancha” com Coro D. Pedro Cristo e Quarteto de Cordas do Conservatório de Música de Coimbra | Claustros

19.45 – Bailado: “Princesas Beatas” com Flic Flac e Quarteto de Cordas do Conservatório de Música de Coimbra | Claustros - Atrizes Bailarinas Ana Figueiredo | Filipa Pina | Joana Nobre

Direcção Regional de Cultura do Centro

Post Top Ad