INCÊNDIOS - Protecção civil e municípios preparam-se para época de fogos

Comando Distrital e presidentes das 17 câmaras do distrito de Coimbra em reuniões para articular estratégias de combate a incêndios.


O Comando Distrital de Coimbra da Autoridade Nacional de Protecção Civil encontra-se a desenvolver várias reuniões de trabalho com os presidentes das 17 câmaras municipais do distrito de Coimbra, tendo em vista a preparação da época de incêndios florestais de 2015.

O objectivo desta acção de prevenção, promovida pelo Comando Distrital de Coimbra, «é alinhavar uma eficaz articulação entre todos os intervenientes, visando a proximidade entre os serviços municipais de protecção civil e as diferentes entidades envolvidas na prevenção, detecção, fiscalização e combate aos incêndios florestais», explica nota da protecção civil.

O mesmo documento sublinha que estes encontros visam «clarificar o papel de cada entida de, dar a conhecer os responsáveis para facilitar contactos e envolver todos na defesa da floresta contra incêndios, tarefa que é, sem dúvida, um desígnio nacional e uma temática de interesse para todos».

Até ao momento já foram efectuadas reuniões nos municípios de Soure, Góis, Mira, Miranda do Corvo, Poiares e Pampilhosa da Serra e as mesmas contam com a presença dos três representantes distritais do sistema nacional de defesa da floresta contra incêndios e ainda da Polícia Judiciá- ria de Coimbra e do comandante dos bombeiros locais.

Nas referidas reuniões têm estado presentes «os três pilares» - prevenção estrutural, da responsabilidade do Instituto de Conservação da Natureza e Florestas; vigilância, detecção e fiscalização, responsabilidade da GNR; e combate, responsabilidade da Autoridade Nacional de Protecção Civil - do sistema nacional de defesa das florestas contra incêndios.

  etiquetas , ,