FRIÚMES - I Jantar de Gala com distinção de Mérito e Reconhecimento


I Jantar de Gala Distinção e Mérito União de Freguesias de Friúmes e Paradela, a qual distinguiu, na noite do passado dia 2 de Maio, o Mérito, que pretendeu, nas palavras de António Manuel Andrade Fernandes «dar a conhecer aqueles que se destacam pela positiva, pelo seu trabalho, pela sua dedicação, pelo seu esforço, pelo seu empenho, pelo seu exemplo e pela sua persistência».

Esta primeira iniciativa de gratidão para com os seus fregueses, que reuniu mais de 300 pessoas no Restaurante Quinta da Nora, em Miro, premiou os que se evi­denciaram nas áreas da Educação, da Cultura (Personalidade e Entidade), do Artesanato, Empresarial, do Desporto, Associativismo (Personalidade e Entidade), da Justiça, da Saúde, do Empreendedorismo, da Política e a Personalidade do Ano.

Uma nota curiosa: o Presidente da Câmara de Penacova, Dr. Humberto Oliveira, embora presente, com os seus vereadores, esposa e filhita, sabendo que aquela gala era somente direccionada aos fregueses daquela União de Freguesias, declinou o convite de usar da palavra, pois considerou que era uma festa somente deles e para eles. Presentes também o presidente da direcção e comandante dos Bombeiros de Penacova (Paulo Dias e Prof. António Simões), bem como o deputado da Nação, Eng. Maurício Teixeira Marques e autarcas do concelho.

O presidente da União de Freguesias, porque sempre ouviu dizer aos mais antigos e tendo presente o que sua avó, com 88 anos, dizia, «temos que primar sempre pela diferença e nunca pela semelhança», foi por isso que foi organizado aquele Jantar de Gala para atribuição de medalhas de mérito, cuja selecção dos distinguidos, como afirmou António Fernandes, foi da exclusiva responsabilidade do executivo que representa e todos eles seleccionados por unanimidade e terminou a sua intervenção dizendo que «esta distinção sirva de mote à continuação de serem um bom exemplo e uma boa referência para outros fregueses».

A chamada dos agraciados


Depois do Grupo deFados Saudade de Coimbra ter dado luzimento ao ambiente, procedeu-se então à distribuição a cada uma das áreas da vida social da freguesia, de uma medalha e um troféu, que representam as insígnias da Freguesia:

EDUCAÇÃO GONÇALO FILIPE CARVALHO CONCEIÇÃO, com 12 anos, filho de Abel da Conceição e Aurora Carvalho, residente em Miro, por ter sido o melhor aluno da freguesia a estudar em Penacova, no 6.º ano em 2014, com média de 4,63 numa escala de 0-5, quando já havia sido galardoado a nível concelhio; e SIMÃO MOREIRA, com 10 anos, filho de Miguel Moreira e Cristina Henriques, residente em Miro, com média de 4,75 numa escala de 0-5, a estudar em Penacova, no 4.º ano, em 2014, quando também foi distinguido em nível concelhio.

CULTURA – Como Personalidade, ARTUR SANTOS CARRIL, nascido em Vale Maior, é um jovem com 94 anos. Toca instrumentos de corda, tais como bandolim, viola ou violino. É tocador do Rancho Folclórico e Etnográfico do Zagalho e Vale do Conde, desde 1979, há 36 anos e tem sido convidado para tocar no Rancho Folclórico de Penacova e no rancho Típico de Miro «Os Barqueiros do Mondego». É também um animador em contar episódios da sua vida, bem como anedotas ou adivinhas. Como Entidade, RANCHO FOLCLÓRICO DO ZAGALHO E VALE DO CONDE, fundado em 1979, por três mulheres oriundas destas duas aldeias: Altina Carril, Lurdes Simões e Na­tália Marcelo. É actual membro do INATEL, do IPJ e da Associação de Folclore e Etnografia da Região do Mondego. Fez a sua primeira actua­ção em 1981, e desde aí tem percorrido o país, incluindo a ilha da Madeira.

ARTESANATO – EDMARO MARTINS SANTOS, nasceu há 69 anos em Santo André (Vila Nova de Poiares). Residente em Miro, teve como profissões o de motorista, estocador e carpinteiro. Mestre no artesanato, faz peças como rodas, moinhos, moendas, barcas, espigueiros, réplicas das casas da eira, picotas, lembrando o ciclo do linho, com dobadoiras, fusos, rocas e sarilhos, fazendo também suportes de garrafas, mini adegas.

EMPRESARIAL – CORTITRANS – Sociedade de Madeiras e Transportes, Lda., situada na Cortiça, é seu fundador, em 1979, Nautílio Frias Marques Pinto, começando a sua actividade na extracção de resina e depois a comprar madeira e terrenos para exploração florestal. Em 2002 foi transformada a empresa de nome individual em sociedade por quotas, com a entrada do filho do sócio na sociedade, Pedro Miguel Ramos Pinto. Actualmente a empresa tem 10 profissionais, tendo ainda a colaboração de vários prestadores de serviços, uma vasta maquinaria preparada para a correcta execução da actividade da exploração florestal e de transportes que desenvolve. No ranking, é uma das 200 empresas do distrito de Coimbra, com um volume de negócios em 2014, de 2.037.749,00 euros.

DESPORTO – FILIPE FERNANDES, iniciou a prática de Karaté aos 15 anos. Fez parte de várias selecções nacionais de Karaté em campeonatos da Europa e do Mun­do: Turquia, Estados Unidos da América, África do Sul, Alemanha, Suécia e Portugal, tendo sido varias vezes campeão nacional por equipas e a nível individual. Fundador do Karaté Shukokai em Penacova, instrutor da modalidade no Sport Club Conimbricense, considerada a melhor escola das duas modalidades, durante 8 anos, de onde saíram já alunos campeões da Europa e nacionais. É um dos fundadores do Clube Karaté Coimbra, que engloba as escolas de SC Conimbricense, Rainha Santa Isabel, Vila Nova de Poiares, Porto, Lousã, Olivais FC, Colégio Beija-Flor e Telhado (Penacova).

ASSOCIATIVISMO – Como Dirigente Associativo, MANUEL CUNHA PINHEIRO NOGUEIRA, nasceu na Adémia, foi registado como tendo nascido na freguesia de Friúmes. Foi em Miro que apaixonadamente se dedicou a “fazer associativismo, ao longo de 40 anos, fundando e se dedicando ao Grupo de Solidariedade Social, Desportivo, Cultural e Recreativo de Miro. Ajudando os pais na venda do pão de porta-a-porta, em Coimbra, frequentou a Escola Secundária Avelar Brotero, no curso geral de Artes Visuais. Depois de cumprir o serviço militar, em 1980, dois anos começa a trabalhar na PT, como técnico exterior de telecomunicações e TV Cabo Portugal, trabalhando nestas duas empresas durante 25 anos. Muito jovem dedica-se ao Grupo e em 2004 é eleito seu presidente, cargo que ainda desempenha e por esse facto a Câmara Municipal de Penacova atribuiu-lhe o galardão de Dirigente Associativo.

EENTIDADE, O GRUPO SOLIDARIEDADE SOCIAL DESPORTIVOCULTURAL E RECREATIVO DE MIRO, que começando na década de 1970, com iniciativas de carácter desportivo Atletismo e Futebol 5, através de um grupo de jovens nasceu o Grupo Desportivo em 1980, depois o Rancho «Os Barqueiros do Mondego», em 1996, o grupo filiou-se na Associação de Futebol de Coimbra e com cerca de 20 participantes, em duas equipas, disputaram os campeonatos distritais, e de tal forma que na época 2014-2015, participaram 126 atletas divididos por nove categorias de diferentes idades: Traquinas, Benjamins, Infantis, Iniciados, Juvenis (A e B), Juniores, Seniores Masculinos e Femininos. Para consertar o ramo, em finais dos anos 90, foi considerada como IPSS e depois de serem reconhecidos como Instituição Particular de Solidariedade Social e considerados de Utilidade Pública, em Janei­ro de 2002, iniciaram com a valência de Apoio Domiciliário, criando também as valências de Lar, Centro de Dia e Creche. Em 2003, criadas as Actividades de Lazer e Desportos Radicais e a Associação de Amigos de Caça e Pesca. Esteve também ligado à restauração e à exploração de moinhos na Serra da Atalhada, criou a Cooperativa produtos da Nossa Terra – Cooperativa Agrícola, Serviços e Artes de Miro e em 2012 e em 2012, foi criada a GSSDCRM – Miro Viagens, Lda., uma sociedade por quotas, sendo 99% gerido pelo Grupo e 1% pelo Rancho Típico «Os Barqueiros», tendo como objectivo a prestação de serviços na área de transportes rodoviários ocasionais de passageiros.

JUSTIÇA – ARMÉNIA MARIA MORGADO COIMBRA, é natural de Paradela da Cortiça, onde nasceu há precisamente 62 anos. Licenciada em Direito pela Faculdade da Universidade de Coimbra, onde foi monitora, com pós-graduação em Estudos Europeus, é vice-presidente do Conselho Distrital de Coimbra da Ordem dos Advogados e vice-presidente do Conselho Geral da mesma Ordem, é formadora no Centro de Estágio da Ordem dos Advogados, foi presidente e é deputada da Assembleia Municipal de Arganil, e é presidente da Assembleia de Freguesia da Sé Nova (Coimbra).

SAÚDE – MARGARIDA MARIA MARTINS HENRIQUES MATOS, licenciou-se em Enfermagem na Escola Superior de Enfermagem Dr. Ângelo da Fonseca, especiali­zando-se em Enfermagem de Saúde Materna e Obstétrica. Passou pelas diversas instituições hospitalares de Coimbra, sendo agora responsável pela Formação em Serviço do Bloco de Partos.

EMPREENDEDORISMO – ADELINO SILVA OLIVEIRA, nascido em Miro, em 1957, onde reside, é casado com Zélia Martins e tem dois filhos: Dagoberto e Cristophe. Foi emigrado em França e com um cunhado adquiriu o Restaurante Aviz, em Coimbra, abrindo mais tarde, individualmente, o Restaurante-Marisqueira Napolitano, em Coimbra. Abriu o Restaurante As Piscinas em Penacova e idealizou, projectou e construiu o local para eventos, casamentos e baptizados, precisamente a Quinta da Nora.

POLÍTICA – ANTÓNIO ALBERTO SEQUEIRA MENDES, nascido em Sanfins do Douro, em 1943, comerciante, foi presidente da Junta de Freguesia de Paradela da Cortiça entre 1980-2009, presidente da Assembleia de Freguesia entre 1990 e 1993 e foi deputado municipal durante seis mandatos. LAUREANO HENRIQUES, nascido no Carregal, em 1962, mediador de seguros, foi membro da Assembleia de Freguesia, tesoureiro da Junta de Freguesia de Friúmes, onde foi presidente quatro mandatos, sendo ainda deputado municipal durante quatro mandatos.

PERSONALIDADE DO ANO – ARTUR HENRIQUES DOS SAN­TOS, «O Freguês», nasceu em 1939, em Miro, na noite de Reis. Depois da instrução primária forma uma sociedade, comprando uma junta de bois com o amigo Manuel Teixas, foi depois para Coimbra, como vendedor de pão e estudou na Escola Avelar Brotero, no ensino nocturno. Casado com Olívia, adquiriu com o seu amigo Henrique Cruz o alvará de uma padaria nas Carvalhosas (Coimbra), que começou a funcionar em Setembro de 1964. Em 1979 vendeu a padaria e torna-se construtor civil e mudou-se para Coimbra, onde reside. É pai de duas filhas. Palmira e Graça, e é avô de quatro netos. Fundador da Associação Amigos do Alva, é o actual pre­sidente do União Clube Friumense e zelador da Praia de Vale da Chã.

E a festa terminou com baile

Já decorria a madrugada quando entrou em palco o conjunto musical «Pauta Dourada», que fez prolongar a festa por mais algumas horas, sempre dentro de um espírito humano e solidário, repassada de enorme e viva gratidão, cujos mo­mentos vividos jamais serão esquecidos entre as gentes da União de Freguesias de Friúmes e Paradela da Cortiça.

Texto de Fotos de José Travassos de Vasconcelos

  etiquetas , , ,