GASTRONOMIA - Novembro é o mês dos Míscaros e do Sarrabulho em Penacova.


Como a tradição já impõe, novembro é mês de  míscaros e sarrabulho em Penacova. Com o objetivo de promover os sabores tradicionais do concelho, a Câmara Municipal de Penacova lançou o desafio e os restaurantes responderam afirmativamente: durante todo o mês de novembro e até 15 de dezembro os míscaros e o sarrabulho estão presentes, de forma marcante, nas ementas e prometem atrair mais visitantes ao concelho.

Integrado na estratégia de promoção da gastronomia tradicional local, o município de Penacova está a promover o evento “Mês dos míscaros e do sarrabulho”, que conta com a participação de 12 restaurantes aderentes do concelho (ver cartaz), interessados também em atrair mais público e potenciar oportunidades de melhorar o setor e impulsionar a economia local, numa altura em que o setor da restauração reivindica há muito a diminuição da taxa do IVA.

Pratos apreciados na gastronomia tradicional

Os míscaros e o sarrabulho são dois pratos tradicionais do concelho de Penacova, que por esta altura do ano são muito apreciados. A iniciativa enquadra-se na “estratégia de promoção da gastronomia tradicional do concelho”, uma das mais-valias que o concelho tem para oferecer aos visitantes, a par das belas paisagens.

Os míscaros, pelas condições atmosféricas que potenciam o seu crescimento pelos pinhais da região, e o sarrabulho, porque é um prato típico do mês das matanças, juntam-se neste evento gastronómico que envolve os principais restaurantes do concelho.

  • Boa Viagem (Porto da Raiva);
  • Leitão do Aires (Espinheira);
  • La Jeneusse (São Pedro de Alva);
  • O Cantinho (Penacova);
  • O Casimiro (Silveirinho);
  • O Cortiço (EN110 - Cavadinha);
  • O Côta (Azenha do Rio);
  • O Mondego (Porto da Raiva);
  • Portas da Serra (Espinheira);
  • Quinta da Conchada (Travanca do Mondego);
  • Tasquinha do Clides (Penacova);
  • Vimieiro (Praia Fluvial do Vimieiro)