CALENDÁRIO - 2016 com mais feriados mas poucas possibilidades de “pontes” - PENACOVA ACTUAL
PUB

ÚLTIMAS

Post Top Ad

31 de dezembro de 2015

CALENDÁRIO - 2016 com mais feriados mas poucas possibilidades de “pontes”



O calendário de 2016 marca, à partida, nove feriados nacionais, mas, logo a 8 de Janeiro, o Parlamento vai discutir a reposição dos dois feriados civis suspensos pelo anterior Governo - o 5 de Outubro (Dia da Implantação da República) e o 1 de Dezembro (Restauração da Independência) -, que deverão voltar a ser gozados já em 2016.

No parlamento será apreciado ainda um diploma de Os Verdes que inclui a reposição dos dois feriados religiosos suspensos, nomeadamente o Corpo de Deus (feriado móvel, que este ano será a 26 de Maio, quinta-feira) e o 1 de Novembro (Todos dos Santos), mas também a declaração do Dia de Carnaval como feriado obrigatório. O PSD e o CDS/PP vão apresentar um projecto de resolução a pedir à Assembleia da República que recomende a eventual alteração do acordo quanto aos feriados civis e religiosos. De realçar que, tal como sucedeu em 2012, as alterações aos feriados religiosos terão de passar por uma negociação e acordo prévio com a Santa Sé, pelo que não é garantido que entrem em vigor já em 2016.

Seja como for, dos nove feriados nacionais em vigor, há cinco que coincidem com segundas (25 de Abril e 15 de Agosto) e sextas-feiras (1 de Janeiro, 25 de Março e 10 de Junho), abrindo caminho a fins- -de-semanas prolongados.

Já as possibilidades de “pontes” são mais reduzidas do que em 2015. Se a Restauração da Independência voltar mesmo a ser feriado, como tudo indica que sim, é a 1 de Dezembro, quinta-feira, que surge a primeira possibilidade de marcar umas mini-férias, com a “ajuda” dos feriados. Na semana que se segue, o Dia da Imaculada Conceição, também quinta-feira, é outra possibilidade.

Se por acaso, o 1.º de Novembro (terça-feira) voltar, já em 2016, a fazer parte da lista de feriados, surge mais uma possibilidade de descanso e o mesmo acontece com o Corpo de Deus, que, a ser feriado, calhará a uma quinta-feira. Entretanto, para trás, fica o Carnaval – 9 de Fevereiro -, que, apesar de não ser feriado, é uma data que se traduz em pausa de trabalho em algumas empresas.

Feriados municipais

Aos feriados nacionais e eventuais pontes que o Governo possa aprovar, juntam-se os feriados municipais e, em cinco concelhos – Cantanhede, Góis, Pampilhosa da Serra, Penacova e Tábua -, os feriados coincidem com o fim-de-semana. Em Condeixa, Figueira da Foz, Lousã e Oliveira do Hospital, o feriado calha à sexta-feira, e, em Coimbra e Mira, à segunda, pelo que nestes municípios, o fim-de-semana é prolongado.

As possibilidades de “ponte” surgem apenas nos municípios de Montemor-o-Velho (8 de Setembro, quinta-feira) e Penela (29 de Setembro, quinta-feira). Em Poiares, Arganil, Miranda do Corvo e Soure, os respectivos feriados municipais coincidem com quarta-feira.

Patrícia Isabel Silva - Diário de Coimbra