EDP Solidária 2016 abre candidaturas para projetos na área da Inclusão Social



Arranca hoje, dia 2, e decorre até dia 15 de maio o período de candidaturas para o programa “EDP Solidaria 2016”, para a área de Inclusão Social, com vista a apoiar projetos que promovem a melhoria da qualidade de vida de pessoas e comunidades em situação vulnerável ou em risco de exclusão social.

Só no distrito de Coimbra este programa apoiou já 25 projetos nos últimos 12 anos, tendo em 2015 apoiado a criação de um ateliê pedagógico para pessoas com doença mental da Associação Fernão Mendes Pinto, e, no campo da saúde, apoiado a Criação de unidade de internamento de Pedopsiquiatria do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra.
Em 2016 o “EDP Solidária”, que apoiou já cerca de 300 projetos em todo o país, num investimento global superior a 9 milhões de euros, volta a disponibilizar 2,1 milhões de euros, destinados a apoiar três grandes programas: saúde, inclusão social e educação.

Recorde-se que em 2015 o Programa apoiou 25 projetos de inclusão social e atribuiu duas dezenas de bolsas a alunos universitários de mérito, em situação de carência social. No campo da Saúde, foram financiados 12 projetos na Cardiologia e Psiquiatria da Infância e da Adolescência, seis dos quais integrados no Serviço Nacional de Saúde.

As candidaturas para a área da Saúde decorrerão entre 27 de junho e 17 de julho.

  etiquetas ,