MIRO - Festa do Barqueiro tem lugar este fim de semana




Decorre de amanhã a domingo, em Penacova, a festa anual do Barqueiro. Ao longo dos três dias, o programa abre sempre às 9H00, em Miro, com o espaço “Saberes e Sabores Tradicionais”. Uma oportunidade para fazer, logo de manhã, a aquisição de produtos endógenos, como a broa, folares, licores, compotas, mel com sabores e flor de sal com plantas aromáticas, tudo produzido pelo Centro de Artes e Ofícios do Grupo de Miro.

Para além da noite cultural, na sede, que tem lugar amanhã, a verdadeira animação começa a partir das 16H00 de sábado, com a abertura da Festa do Barqueiro. Segue-se o jantar de cinco ranchos folclóricos participantes, no Complexo Social de Miro, seguindo-se o desfile e início do festival de folclore, às 22H00.

No domingo, a partir das 9H00, vão realizar-se atividades ligadas ao rio e ao barqueiro e, uma hora depois, a passagem da “Barca Serrana”, carregada de sal, junto à Livraria do Mondego. Numa reconstituição histórica, a partir das 10H30, a “barca” chega a Vale dos Ladrões, onde as mulheres descarregam o sal e carregam lenha e carqueija. A partir das 15H00 tem lugar a tarde cultural, com marchas populares.

A organização pertence ao Grupo de Miro, instituição que celebra em 2016, 38 anos. Especialmente focado no apoio solidário, a vertente etnográfica tem também muita importância na marca genética da coletividade.

Ao todo, faz a gestão de um lar de idosos com 44 utentes, centro de dia e apoio domiciliário com 30 utentes em cada uma das valências. Na área da infância gere uma creche com 14 crianças e a ocupação de tempos livres de alunos do agrupamento de escolas, englobando 44 jovens.


António Rosado – Diário As Beiras



  etiquetas , ,