PATRIMÓNIO - Penacova aprofunda cultura, saberes e memórias



A manufactura do linho e dos palitos, o manuseamento das velas do moinho e o aproveitamento da força do vento para moer cereais, as cantilenas, músicas e danças de épocas pretéritas fazem parte do património cultural que Penacova pretende preservar e envolver na sua dinamização da identidade do concelho. Estes são temas transversais que estarão presentes, hoje (10h00 na biblioteca municipal), na segunda sessão do ciclo de conferências sobre património cultural imaterial, promovido pelo município de Penacova.

De acordo com a explicação de Fernanda Veiga, «a iniciativa “Património Imaterial de Penacova: Gestos, Saberes e Memórias” proporciona um debate de temas e problemáticas vocacionadas com a literatura, os museus e seus serviços educativos e os arquivos».

A vereadora da Cultura da Câmara de Penacova sublinha que para este ciclo de conferências foram convidados «técnicos e especialistas, académicos e peritos de renome na área para debater e reavivar assuntos importantes sobre património cultural imaterial, um eixo central da cultura deste território».

Este ciclo de conferências, que são abertas ao público, vai ao encontro do projecto “Memórias de Penacova”, que a autarquia está a desenvolver e que foi reconhecido pela Universidade do Minho para a fase final do prémio Município do Ano 2016, sendo alvo de um trabalho preparatório aprofundado da Câmara Municipal. Este projecto pretende, através da Biblioteca Municipal de Penacova, recolher, preservar e divulgar o património cultural, material e imaterial, do concelho. Como esclarece o município, o meio rural é um local rico em memórias e práticas que aí permaneceram durante séculos. Com as rápidas mudanças ocorridas nos modos de vida, ao longo do século passado, muitas dessas memórias, práticas e vivências estão a ser esquecidas. Se, após o seu desaparecimento, delas nada restar, será como se séculos de história nunca tivessem existido e todo um conjunto grande de saberes se apagasse.

O ciclo de conferências iniciou-se em Julho e terminará no dia 1 de Outubro.

  etiquetas ,