NATAL - Humberto Oliveira dirige mensagem de Boas Festas aos munícipes


Mais uma vez chegámos a dezembro, mês do Natal, mês de balanço, do final de um ciclo, abrindo logo o próximo. É um período onde os sentimentos de fraternidade, de solidariedade e de partilha são mais visíveis, muito embora o Natal seja sempre que o Homem quiser. Manifestamente, todos reconhecemos que seja por efeito da importância que os meios de comunicação dão ao tema, seja pelas nossas próprias vivências, este é um período especial, um período mágico. O ambiente frio, próprio da época é aquecido pelas tradicionais iluminações de Natal, pela música característica da época, pelos encontros, festas e comemorações, que escolas, empresas e outras instituições organizam. São dezenas de convites que recebemos (difícil estarmos presentes em todos…) no município de Penacova para participar em diversos eventos organizados por todo o concelho. Em todos eles, sentimos a partilha e a solidariedade que acima referi e que caracteriza esta época. É Natal, pronto.
Todos os dias trabalhamos para que em cada Natal e Ano Novo tenhamos a perceção que a nossa terra tem cada vez mais e melhores condições para viver, visitar, trabalhar ou investir. Que cada ano que se aproxima seja um ano de esperança e de caridade, de superação de cada um de nós como parte integrante de um território, de uma comunidade.
No Município de Penacova temos vários projetos a decorrer na área social, aqueles nos quais funciona a máxima “As Pessoas Primeiro”. Projetos como o Apoio à Natalidade ou a Escola de Artes de Penacova, que apesar do grande investimento que exigem, são projetos que consideramos estratégicos para o futuro das nossas gerações mais jovens. De menor investimento mas igual importância, a Oferta dos Livros Escolares, o Fundo de Emergência Social, as Tarifas Sociais para famílias de fracos recursos ou famílias numerosas, o Regulamento de Abastecimento de Água e Saneamento, a nossa Política Fiscal de IMI Reduzido para as famílias com dependentes implicam despesa ou redução de receita com valores significativos, mas para Nós não são mais que investimento nas pessoas, nas famílias e nos penacovenses.
Neste pequeno texto falei essencialmente da vertente Social, mas poderia ter abordado a Cultura, o Desporto, o Turismo ou o Desenvolvimento Económico. No próximo ano os desafios mantêm-se para Penacova e para os penacovenses, porque há um caminho que devemos continuar a percorrer e que não pode, nem deve, ser interrompido.
A todos um Feliz Natal e um excelente ano de 2017.

  etiquetas , ,