BOMBEIROS - Liga reúne-se em congresso extraordinário para rever estatutos - PENACOVA ACTUAL

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

26 de janeiro de 2017

BOMBEIROS - Liga reúne-se em congresso extraordinário para rever estatutos


Liga dos Bombeiros Portugueses (LBP) vai rever os seus estatutos durante um congresso extraordinário, a realizar no sábado, na Figueira do Foz, disse o presidente da instituição, Jaime Soares, à agência Lusa.

Pretende-se promover a aproximação dos estatutos da Liga à realidade, sintetiza Jaime Soares, referindo que a LBP precisa de adaptar as suas normas às “novas exigências e situações”, mas sem, naturalmente, colocar minimamente em causa as competências e funções dos bombeiros, sublinha.
A revisão dos estatutos, a sua “adaptação à legislação e novas exigências e realidades e a sua modernização” fazem parte, de resto, dos compromissos dos dirigentes da LPB, assumidos quando, há cerca de três anos, foram eleitos.
Durante o congresso, que decorrerá, a partir das 09H15 (mas o secretariado começa a funcionar às 08H00), nas instalações do Casino da Figueira da Foz, também serão debatidas e votadas alterações ao regulamento do Fundo de Proteção Social do Bombeiro, que carece, igualmente, de “alguns ajustamentos às novas realidades”, disse ainda, à agência Lusa, Jaime Soares.

O principal objetivo do congresso é, assim, “encontrar soluções” que coloquem as normas de funcionamento dos bombeiros em sintonia com “a legislação em vigor, a realidade e as novas exigências da sociedade”, conclui o presidente da Liga.
Jaime Soares admite, no entanto, que durante a reunião de sábado também sejam tratadas questões relacionadas com a atual situação dos bombeiros portugueses, mas “só se houver tempo”, pois o congresso visa rever os estatutos da LPB e os regulamentos do Fundo de Proteção Social dos Bombeiros e das distinções honoríficas da Liga.
É admissível que o regulamento das distinções honoríficas instituídas pela Liga venha a abranger novos escalões, prevê Jaime Soares. As distinções honoríficas da LBP destinam-se a “galardoar as pessoas singulares ou coletivas, nacionais ou estrangeiras, por serviços relevantes e extraordinários prestados à causa dos bombeiros, por atos de coragem e abnegação no salvamento de pessoas, animais ou bens, e ainda por assiduidade revelada por um serviço efetivo com exemplar comportamento”.