TURISMO - Centro de Portugal supera as 6 milhões de dormidas no ano


O Centro de Portugal ultrapassou a barreira dos seis milhões de dormidas em 2016, ano que registou aumentos no número de visitantes, na taxa de ocupação dos hotéis e nas receitas dos operadores turísticos.

«Ultrapassar a barreira mítica dos seis milhões de dormidas é uma proeza notável. O ano de 2016 na região Centro foi de consolidação do crescimento, uma tendência que já se tinha registado em anos anteriores, afigurando-se como o melhor ano desde, pelo menos, 2009», disse ontem o presidente da Entidade Regional Turismo Centro de Portugal, Pedro Machado.
Os dados do Instituto Nacional de Estatística sobre os primeiros 10 meses do ano (Janeiro a Outubro de 2016) revelam um crescimento global médio de 10% na região, com as dormidas de turistas nacionais a aumentarem 12,2% e as de visitantes estrangeiros a crescerem 8%.
No mesmo período, os proveitos dos operadores turísticos cresceram 13,52%, atingindo 201 milhões de euros, valor que irá inevitavelmente crescer quando forem contabilizados os dois meses em falta (Novembro e Dezembro).

«Em 10 meses de 2016, foi ultrapassado o valor somado dos anos de 2013 e 2014», exemplifica Pedro Machado. Em igual período de 2015, o número de hóspedes totais na região, nacionais e estrangeiros, aumentou 14,10% e os proveitos dos operadores turísticos aumentaram 16,20%.

Também o número de turistas atendidos nos postos de turismo aumentou significativamente (23,28%).

  etiquetas , ,