O INCRIVEL DESAFIO - “Microcarro” vai ligar Paris a São Pedro de Alva - PENACOVA ACTUAL
PUB

ÚLTIMAS

PUB

Post Top Ad

27 de abril de 2017

O INCRIVEL DESAFIO - “Microcarro” vai ligar Paris a São Pedro de Alva




Quem é que já não ouviu falar de um “mata-velhos” ou, simplesmente, de um “papa-reformas”? As aventuras e peripécias destes microcarros, que podem ser conduzidos sem carta multiplicam-se pelas mais diversas razões, sendo a mais recente proveniente de França.

Para assinalar a liderança de vendas dos microcarros em solo francês, num repto lançado na última edição do Salão Internacional de Paris, o luso descendente Jean-Michel Martins vai ligar Coignières, nos arredores de Paris e sede da concessão de automóveis EAG, a Sobral, freguesia de S. Pedro de Alva, concelho de Penacova, terra natal dos pais.

O desafio é ligar as duas localidades em apenas três dias por estradas nacionais e secundárias. Ao volante de um Ligier JS50, o luso-francês Jean-Michel Martins tem por missão, nesta aventura, «silenciar muitos preconceitos sobre carros sem carta, bem como mostrar ao mundo as suas performances», disse ao nosso Jornal o director-geral da EAG Coignières.

Filho de Ernesto Martins e Maria Aduzinda Castanheira, Jean-Michel Martins nasceu há 41 anos em Versalhes, Paris, herdando o talento e o carácter para singrar no mundo dos negócios. É a partir da capital francesa que as suas influências chegam a todas as fronteiras do país que acolheu os seus pais. A sua vocação intrínseca para o negócio valeu-lhe o reconhecimento do fabricante Ligier que, em boa hora, lançou o desafio ao luso-francês para se aventurar além fronteiras.

Como se de uma provocação se tratasse, Jean-Michel Martins arregaçou as mangas e desenhou um percurso com efeitos mediáticos. E nada melhor que iniciar a proeza a partir da empresa que dirige com destino a Sobral, pequena localidade de S. Pedro de Alva, de onde partiram, há décadas, os seus pais à procura da estabilidade profissional e de uma vida melhor. Nesta missão, o luso-francês vai contar com uma equipa de assistência para eventuais anomalias no percurso, bem como de uma equipa de reportagem da televisão francesa.

Está é, sem dúvida, uma justa homenagem aos seus progenitores que, aos comandos de um “petit” Ligier JS50 liga Coignières a Sobral. São 1.800 quilómetros a separar o ponto de partida e de chegada, embora, aqui e acolá, Jean-Michel Martins seja “empurrado” por muitos portugueses que, em locais específicos, na berma da estrada, prometem encorajá-lo com a mesma atitude que tiveram no último “Europeu” de futebol. Não se trata de qualquer recorde mundial, mas de um evento único e histórico protagonizado por um luso-francês que continua a manter uma forte ligação a Portugal, precisamente numa aldeia em que fervilhava de alegria quando vinha com os pais passar o período de férias.

Acompanhamento e recepção preparados em Sobral

Como a união faz a força, a Associação Cultural e Desportiva do Sobral está a acompanhar esta iniciativa e a “torcer” para o sucesso do projecto de Jean-Michel. Nesse sentido, já disponibilizou as suas instalações de molde a assegurar a logística necessária para acolher toda a agitação que se perspectiva antes, durante e após a chegada de Jean-Michel Martins. Chegada que está prevista para domingo e será brindada com a realização de um lanche partilhado. Ainda naquele espaço associativo, Felizardo Soares sobe ao palco, pelas 21h00, para actuar e ajudar a fazer brilhar a noite de festa, que culmina, pelas 23h00, com o início de um baile, cuja animação musical está a cargo do grupo FBI.

Carlos Sousa - Diário de Coimbra

Post Top Ad