CIDADANIA - Maria Antónia, de cinco anos, apresentou projeto para Parque Infantil


Era de manhã, 13 de julho, e com passos leves e delicados, uma menina entrou nos Paços do Concelho. Decidida e imprevisivelmente determinada, a pequena Maria Antónia, de cinco anos, estava, naquela manhã, disposta a cumprir a sua intenção. Havia solicitado no dia anterior uma reunião com o Presidente da Câmara. Não se demoveu com o bulício dos corredores nem com os tetos altos do átrio. Apresentou-se à hora marcada.

Tratando-a como uma munícipe de plenos direitos, ainda que com o encanto e o deslumbre de ter diante de si uma criança tão corajosa e destemida, Humberto Oliveira conversou atentamente com Maria Antónia, recebendo as suas sugestões e debatendo o seu projeto. 

A criança, que apenas este ano entrará para a escola, de papel na mão, exibiu o esboço do seu programa para um Parque Infantil na vila de Penacova, onde reside, que venha substituir o anterior, já degradado e que foi retirado por ocasião das obras de requalificação urbana.

Maria Antónia vai receber resposta formal, com ofício do município, entregue pelos correios. Não antecipamos aqui a resposta, até porque este assunto já estava em andamento e nas prioridades do Executivo. Mas Humberto Oliveira adianta, com orgulho nesta menina-cidadã, que ela se sentirá agradada quando alguém lhe ler a carta.

Jornal do Município - Edição VI

  etiquetas , , ,