ENCONTRO DISTRITAL - Quase 500 jovens superam desafios de bombeiros “como gente grande” - PENACOVA ACTUAL
PUB

ÚLTIMAS

Post Top Ad

13 de novembro de 2017

ENCONTRO DISTRITAL - Quase 500 jovens superam desafios de bombeiros “como gente grande”


A corporação de Brasfemes foi a primeira, a nível distrital, a criar uma Escola de Infantes e Cadetes. Foi há 10 anos. “Desde sempre achámos que um corpo de bombeiros que não apostasse na juventude dificilmente iria ter futuro”, disse ontem ao jornal o comandante, Acácio Monteiro.

O grande propósito da Academia “é permitir a crianças e jovens com idades compreendidas entre os 6 e os 17 anos, oportunidades de aprender e crescer em cidadania”. Se o início do projeto foi difícil, hoje, o exemplo de Brasfemes “está ramificado e repercutido pelos bombeiros do distrito e também a nível nacional”, notou o comandante. “Isso dá-nos bastante orgulho”, acrescentou.

Nestes 10 anos, passaram pela Academia de Brasfemes cerca de 500 crianças e jovens, sendo que alguns já fazem parte do quadro ativo do corpo de bombeiros. E esse é, de acordo com Acácio Monteiro, outro motivo de imenso orgulho.

1.º Encontro Distrital

Se, há uma década, foi pioneira na criação da Academia, a corporação voltou, agora, a dar o exemplo com a realização do 1.º Encontro Distrital de Escolas de Infantes e Cadetes, que decorreu ontem naquela freguesia. A iniciativa, proposta pela Federação de Bombeiros do Distrito de Coimbra e integrada nas comemorações do 10.º aniversário da academia dos Bombeiros Voluntários de Brasfemes, juntou cerca de 400 jovens, pertencentes aos voluntários de Brasfemes, Condeixa, Figueira da Foz, Góis, Lagares da Beira, Mira, Montemor-o-Velho, Oliveira de Hospital, Pampilhosa da Serra, Penacova, Vila Nova de Poiares e Serpins.

Durante o dia, além do convívio entre todos, os “pequenos bombeiros” demonstraram o que aprenderam nas mais variadas situações – como apagar um foco de incêndio, quais as manobras de resgate de uma criança presa numa varanda, como proceder numa situação de acidente…

O que queremos é formá-los para a cidadania, ministrar-lhes formação que também damos aos nossos bombeiros, principalmente na área do socorrismo. Há muitos adultos não sabem, por exemplo, o que é uma PLS (Posição Lateral de Segurança) e isso que devia ser integrado no ensino básico... Mas o que nos move é formar futuros cidadãos de mão-cheia”, frisou Acácio Monteiro.

Corrida e caminhada

Refira-se, que a Associação Humanitária dos BV de Brasfemes realiza no próximo dia 26 de, a partir das 10H30, a edição inaugural de uma corrida e caminhada solidária, com partida e chegada ao Parque Verde, após passagem pela Mata Nacional do Choupal. As inscrições podem ser efetuadas através da página oficial do Fecebook/Corrida Solidária pelos Bombeiros Voluntários de Brasfemes. Como alternativa, os interessados poderão também dirigir-se à sede dos bombeiros.


Texto Patrícia Cruz Almeida - Foto Figueiredo

Sem comentários:

Enviar um comentário

Leia as regras:
1 - Todos os comentários são lidos e tendencialmente moderados.
2 - Os comentários anónimos e ofensivos, ou aqueles cujo perfil não seja possível identificar, não serão publicados.
4 - Os comentários apenas refletem a opinião dos seus autores.