PREVENÇÃO - GNR dá conselhos e calendários da EDP a seniores para prevenir burlas Penacova Actual PENACOVA ACTUAL - Jornal de Penacova

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

PREVENÇÃO - GNR dá conselhos e calendários da EDP a seniores para prevenir burlas

Já lá vai muito tempo, mas Manuel Baio, de 83 anos, ainda se lembra bem do dia em que uma vizinha ficou sem 1.500 escudos (o equivalente a 7.5 euros), quando uns burlões se «fizeram passar por vendedores e a convenceram a comprar umas coisas». «Viraram-lhe a casa toda. Só não levaram mais porque não encontraram. Ela tinha lá 50 notas de contos», recordou o morador de Serra de Janeanes, no concelho de Condeixa, já depois de ter recebido o calendário que militares da GNR andaram a distribuir, no âmbito de uma campanha, em parceria com a EDP Distribuição, para a prevenção de burlas relacionadas com a cobrança ilegal de serviços.

Na aldeia, o tempo corre devagar e quem lá vive, diariamente, tem já alguma idade. Por ali, Catarina e Vítor não são simples militares do policiamento comunitário da GNR, mas sim amigos, que se dirigem várias vezes à aldeia para deixar conselhos e ouvir o que os residentes têm a dizer. Andam de porta em porta, de sorriso no rosto e sempre prontos a ajudar. «Se vir alguém desconhecido o que é que a senhora faz?», pergunta o militar Vítor Marques, na expectativa de perceber se a mensagem de segurança ficou “bem estudada”. «Ligo logo para estes números», respondeu a moradora, referindo-se aos contactos das autoridades que estão no calendário.

Eduardo Fernandes de Oliveira sabe de cor quantos seniores vivem na sua aldeia. «São 14 e está quase tudo manco», brinca. Os cinco graus da manhã não o impedem de vir à rua conversar com os militares da GNR, com quem aproveita para recordar os tempos em que vivia em Angola. «Era guarda civil nos caminhos-de-ferro. Conheço o país de uma ponta à outra», refere, com saudade de um tempo que já lá vai.

Eduardo é de “conversa fácil”, por isso, fica um conselho redobrado para evitar tentativas de burlas. «Em minha casa, não entra ninguém estranho», garante.

Como a aldeia é pequena, a missão na Serra de Janeanes fica cumprida em poucos minutos. Zambujal é a próxima paragem da equipa do policiamento comunitário da GNR, depois de, no dia anterior, povoações de Poiares e Brasfemes terem já recebido os calendários. Ao que foi possível apurar, são mais de 300 as pessoas de terceira idade que residem na zona de abrangência do Destacamento Territorial de Coimbra, que envolve parte do concelho de Coimbra, Penela, Penacova e Condeixa. «A ideia é ir ao encontro da operação que já costumamos desenvolver» junto da população sénior, que vive mais isolada e que é «mais facilmente, alvo de ilícitos criminais», frisa Joana Lourenço, comandante do Destacamento.

Sem especificar situações, a tenente da GNR confirma que, de quando em vez, surgem casos de burlas que vitimam estas pessoas mais vulneráveis, que se deixam enganar por alegados funcionários da EDP ou da Segurança Social, por exemplo, que quase sempre dizem que estão a fazer cobranças.

A campanha que a GNR está a desenvolver com a EDP Distribuição, em todo o território nacional, prevê a distribuição de 50 mil calendários.


Patrícia Isabel Silva (texto) Figueiredo (foto) – Diário de Coimbra






Sem comentários:

Enviar um comentário


Leia as regras:

1 - Os comentários ofensivos não serão publicados.
2 - Os comentários apenas refletem a opinião dos seus autores.