CAPITULO - Confraria da Lampreia ganha novos confrades em ambiente de reflexão Penacova Actual PENACOVA ACTUAL - Jornal de Penacova

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

CAPITULO - Confraria da Lampreia ganha novos confrades em ambiente de reflexão


Foi uma reflexão diferente do habitual. Não se falou de gastronomia, muito menos de lampreia ou da promoção do território, mas fez-se o apelo à intervenção de cada um na defesa do património e, sobretudo, na defesa da vida. Ontem, no XV Capítulo da Confraria da Lampreia, de Penacova, a oração de sapiência esteve a cargo de Xavier Viegas, director do Centro de Estudos sobre Incêndios Florestais da Universidade de Coimbra, que não escondeu a «surpresa» pelo convite para intervir no capítulo de uma confraria, mas admitiu que, depois das tragédias de Julho e Outubro, com os grandes incêndios que também passaram por Penacova, passou a estar disponível para falar em qualquer plateia. Porque afinal, admitiu, por muitos estudos que se façam ou leis que se criem, é em cada um dos cidadãos que está a resposta aos incêndios a que dá o nome de «prevenção».

«As consequências dos incêndios de 2017 não se podem repetir e isso depende de nós», afirmou Xavier Viegas, perante uma plateia de confrades e confreiras de todo o país que seguiu atentamente as explicações do investigador. Xavier Viegas entende que «é preciso aproveitar a debilidade que se criou no país para mudar as coisas» e apelou aos presentes para a prevenção e sensibilização, que passam, desde logo, pela limpeza dos terrenos, mas também pela consciencialização de que é preciso diminuir o número de ignições, sejam elas voluntárias ou negligentes.

Numa oração de sapiência “pintada” de cinza, sobressaiu o colorido da plateia, onde marcaram presença 53 confrarias, de Norte a Sul do país e duas confrarias amigas estrangeiras, que se deslocaram para o XV Capítulo da Confraria da Lampreia. «A lampreia é um dos nossos principais recursos e Penacova, nessa matéria, tem um futuro grande e um grande passado», afirmou o presidente da Câmara Municipal de Penacova, Humberto Oliveira, que destacou o «trabalho de décadas» existente no concelho no bem saber confeccionar a lampreia e que a Confraria veio dar «novo corpo, nova alma e um novo espírito de promoção».

Quinze novos confrades na defesa da lampreia e da região

Com 136 elementos, o que faz dela a maior corporação do distrito, os Bombeiros Voluntários de Penacova foram ontem entronizados como confrades de honra da Confraria da Lampreia. Neste XV Capítulo, foram ainda entronizadas três empresas - Construções Alcino Filipe Francisco, Farmácia Penacova e Padaria do Parque - bem como 11 confrades efectivos individuais: Ana Isabel Silva, Beatriz de Noronha, Bernardo Quintela, Catarina Sofia Mateus, Francisco Almeida Araújo, Luísa Cardina Louro, Magda Rodrigues, Paula Cristina Silva, Rosa Manuela Simões, Vítor Manuel Esteves e Maria Lúcia Martins.

Margarida Alvarinhas (texto) Figueiredo (foto) – Diário de Coimbra


Sem comentários:

Enviar um comentário


Leia as regras:

1 - Os comentários ofensivos não serão publicados.
2 - Os comentários apenas refletem a opinião dos seus autores.