DOWNHILL - Francisco Pardal foi o melhor da Europa na pista da Lousã Penacova Actual PENACOVA ACTUAL - Jornal de Penacova

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

DOWNHILL - Francisco Pardal foi o melhor da Europa na pista da Lousã



O ciclista  Francisco Pardal sagrou-se este domingo Campeão Europeu de ‘downhill’ na categoria de elite, no Campeonato da Europa que hoje terminou na Lousã, numa prova com um total de nove medalhas para Portugal, nada que já não se esperasse, pois já ontem, o campeão nacional da modalidade se destacou nas sessões cronometradas, da prova masculina, a par da eslovena Monika Hrastnik, na prova feminina.

Pardal bateu 80 outros corredores na pista de 2,43 quilómetros, com um tempo de 4.11,306 minutos, à frente do francês Benoit Coulanges, segundo a 110 milésimos, e o italiano Johannes von Klebelsberg, terceiro.

Na prova de elite masculina, nota ainda para o quarto lugar de Emanuel Pombo, único outro português no ‘top 10’ da final.

Esta vitória compensa todo o trabalho e significa uma força extra para as outras corridas, porque ainda estamos em início de temporada e há muitas corridas por diante”, disse Francisco Pardal, citado pela Federação Portuguesa de Ciclismo.

O corredor natural de Soure explicou que sempre teve na mente “o objetivo de vencer”, mas o facto de “jogar em casa” beneficiou o português, bem como o conhecimento da pista.

Francisco Pardal sagrou-se campeão nacional de elite do Campeonato Nacional de Downhill (DHI) de 2017 pela equipa de Penacova DH/UD Lorvanense, recuperando na pista de Tarouca o estatuto que já lhe pertencera em 2011 e em 2013.

Em juniores, a vitória também pertenceu a Portugal, com Tiago Ladeira (Miranda Factory) a vencer sobre o alemão Mika Hopp, segundo, e o italiano Stefano Introzzi, terceiro.

Ana Martins - UD Lorvanense
Na categoria de elite feminina, a eslovena Monika Hrastnik confirmou o favoritismo que trazia antes da prova, sagrando-se campeã europeia com um tempo de 4.46,855 minutos, batendo a francesa Morgane Charre, segunda, a 2,992 segundos, e a suíça Camille Balanche, num distante terceiro, a mais de 18 segundos.

As restantes medalhas lusas apareceram nas categorias de veteranos, com três títulos de campeão no masculino e um, de Ana Martins (UD Lorvanense), no feminino, além de mais três medalhas de prata e bronze.

Sem comentários:

Enviar um comentário


Leia as regras:

1 - Os comentários ofensivos não serão publicados.
2 - Os comentários apenas refletem a opinião dos seus autores.